Às vezes…

Às vezes tens saudades mesmo que a tua consciência te proíba de sentires isso. 

Às vezes sentes falta de pedaços do teu passado onde sorriste genuinamente e onde sentiste que eras o mundo de alguém. 

Às vezes apetece-te fazer rewind e retape alguns slides da tua vida que te desviaram para o caminho que percorres agora.

Às vezes arrependes-te de ter dito Não quando apesar de toda a eloquência em dizer Sim, a tua consciência obrigou-te a dizer Não.

Às vezes apetece-te desistir de tudo, porque já tiveste tudo e a vida castigou-te e atirou-te sem qualquer pesar para a solidão.

Às vezes darias tudo para reviver alguns momentos do passado mesmo que fossem alguns segundos. 

Às vezes choras sozinho no teu recanto e finges que está tudo bem, pois não tens justificação a dar porque nem tu sabes porque estás mal. 

Às vezes apetece-te pegar numa mochila e partires sem deixar recado. Ser uma nova pessoa num sítio desconhecido e recomeçar do zero.

Às vezes…. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: